Festival Brasília Photo Show Edição 2019/20

Fotografia: a arte que toca os sentidos e capta o quase invisível aos olhos

Festival Internacional de Fotografia Brasília Photo Show abre inscrições para edição 2019/2020 e se consolida como um dos maiores eventos do segmento no mundo

As inscrições para o Festival Internacional de Fotografia Brasília Photo Show (BPS) 2019/2020 estão abertas! Considerado um expoente para o segmento, o BPS tem quebrado preconceitos, impressionado fotógrafos e encantado o público que aprecia a fotografia. A última edição do festival teve mais de 12 mil inscritos, revelou talentos, mostrou que a fotografia está no compasso de um século marcado pela difusão de imagens e informações, impulsionou uma cidade da fotografia. Os fotógrafos se destacaram em diversas categorias os registros somaram mais de 21 milhões de views nas redes sociais, apontada pelos organizadores como uma das curadoras do festival. De 2015 a 2018, mais de 56 milhões de interações na página oficial do festival no Facebook foram registradas. As fotos vencedoras formam o acervo de um livro, conquistam status de arte e protagonizam uma série de exposições. Fotógrafos profissionais e amadores podem participar enviando trabalhos por meio do site do festival www.brasiliaphotoshow.com.br até o dia 16 de julho.

Cliques que reverberam

Em 2019, o objetivo dos organizadores é transformar o Festival Internacional de Fotografia Brasília Photo Show em patrimônio cultural da capital do País. No final de 2018, o encerramento do ciclo competitivo da 4ª edição foi realizado na Cidade da Fotografia Brasília Photo Expo, uma enorme festa do BPS que aportou no Centro de Convenções de Brasília, entre os dias 15 e 18 de novembro. A Brasília Photo Expo redimensionou o projeto do BPS, que nasceu nas redes sociais e se tornou um dos maiores do segmento no mundo. “Em quatro dias de atividades, recebemos um público de mais de 15 mil pessoas entre brasilienses, turistas brasileiros e estrangeiros. A Cidade da Fotografia abrigou uma exposição com mais de 2,5 mil fotos de 2,3 mil fotógrafos – incluindo trabalhos de deficientes físicos, visuais e profissionais com Síndrome de Down”, lembra Rodrigo Nimer, diretor executivo do BPS e da Expo. Os visitantes também participaram de experiências fotográficas, shows culturais, talks e workshops temáticos com ícones da fotografia no Brasil, feira de tecnologia de imagem, lançamento de livros, e ainda puderam curtir um museu da fotografia e a entrega de prêmios. Um dos pontos altos do evento foi a acessibilidade. Todas as palestras apresentadas tiveram tradução em Libras para os surdos e a exposição contou com visitação guiada para os deficientes físicos e visuais. O projeto criou, na capital do País, um pólo de cultura diferenciado e marcante.

Mais categorias e prêmios em 2019

Além das 16 categorias disponibilizadas aos participantes em 2018, a edição de 2019/2020 oferecerá mais quatro opções aos fotógrafos, totalizando 20. Novidades também na premiação. Serão agraciadas as melhores imagens em novos quesitos: foto de celular, digital, drone, preto e branco e capa. Com agenda inclusiva, a edição passada recebeu inscrições de brasileiros e estrangeiros, profissionais e amadores, adultos e adolescentes. Os participantes enviaram imagens feitas de celulares, de câmeras digitais amadoras ou equipamentos mais sofisticados. Além da cobiçada estatueta, viagens para América do Sul e Europa, câmeras digitais e aparelhos celulares oferecidos pelos apoiadores do BPS estavam entre os prêmios. A Cidade da Fotografia recebeu curadores estrangeiros e o fotógrafo Luís Viegas Mendonça, português ganhador do prêmio de melhor foto sensual da 4ª edição do BPS.

O idealizador e curador do BPS, Edu Vergara, sublinha que a essência do Brasília Photo Show está na democratização da arte, da fotografia. “Depois de encerradas as inscrições, as imagens passam pelo crivo de galeristas nacionais e internacionais. Em uma segunda fase, é a interação do público nas redes sociais que apontam os cliques vencedores. O potencial artístico é o fator mais relevante, entre outras questões”, revela o fotógrafo. As observações do público nos comentários sobre as fotos, segundo ele, são levadas em consideração e muitas vezes chamam a atenção para aspectos não percebidos pelo júri.

Exposições e Talks

As exposições de 2019 celebram o acesso à arte. Elas integram um ciclo de mostras em espaços abertos, com livre acesso ao público, nas estações do metrô de Brasília. A primeira mostra está aberta até o dia 2 de maio, na Estação Central. Depois será a vez da Estação Galeria, Águas Claras, Praça do Relógio e Terminal Ceilândia, respectivamente (veja datas em Programação). Durante a itinerância, talks com expoentes da fotografia e debates de temas ligados a essa arte também estão confirmados.

Programação de Exposições:

Estação Central: 22/04 a 02/05 – Talk Photo: 02/05

Estação Galeria: 03/05 a 13/05 – Talk Photo: 13/05

Estação Águas Claras: 14/05 a 23/05 – Talk Photo: 23/05

Estação Praça do Relógio: 24/05 a 03/06 – Talk Photo: 03/06

Terminal Ceilândia – 04/06 a 13/06 – Talk Photo: 13/06

    Apresentam
    Apoio

    Brasília Photo Show ®2019