Por que inscrever no BPS?

Um novo tempo, um novo clique, que ganha um livro, que ganha o mundo 

Festival Internacional de Fotografia Brasília Photo Show colocam a capital modernista e o Brasil no radar dos amantes do registro fotográfico

Uma câmera na mão e o mundo ganha a leitura e as nuances captadas pelo o olhar do fotógrafo. Feito com smartphone, máquina de bolso ou equipamento profissional, o clique pode viajar por todo o planeta, ser visualizado, curtido, compartilhado por milhares de pessoas. Há registros que dialogam em todas as línguas, despertam sentimentos e memórias, transportam no tempo e no espaço. Com o Festival Internacional de Fotografia Brasília Photo Show (BPS), eles formam o acervo de um livro internacional, conquistam status de arte, protagonizam uma série de exposições, colocam o Brasil e sua capital modernista no foco das festas temáticas que movimentam a cultura.

A história do BPS tomou corpo em abril de 2015, a partir de uma ideia do fotógrafo Edu Vergara. Ele queria reunir registros inteligentes, criativos, que despertassem no olham o encantamento que a fotografia pode produzir. E pensou em publicá-los no livro Brasília Photo Show, uma peça que imprimiria a sensibilidade de quem está por trás das lentes em páginas de qualidade editorial impecável. Apaixonado por Brasília, Vergara a considera uma das cidades mais fotografáveis do planeta. E olha que ele já rodou o mundo registrando a diversidade e a singularidade em sua câmera.  “Brasília merece estar na cena da arte, da cultura, do design e da arquitetura. É uma cidade inspiradora. O Festival Internacional de Fotografia Brasília Photo Show pode arrancar da capital do Brasil um estigma que foi imputado injustamente”, acredita.

A ideia instigou não apenas fotógrafos amadores do Brasil e do mundo inteiro, mas também profissionais que abraçaram o objetivo de se levar pela emoção. Os números da primeira edição impressionaram. Em três meses de inscrições, mais de cinco mil fotos chegaram ao e-mail do Festival. Duas mil imagens foram habilitadas, depois de uma curadoria do próprio Vergara, para postagem no Facebook, despertando visualizações, curtidas, comentários e mais de 5,2 milhões de visualizações auditadas pela rede social.

Visibilidade

Mais duas edições consolidaram o Brasília Photo Show, hoje considerado o maior festival de fotografia popular do Brasil. Até outubro de 2017, mais de 32 milhões de visitas foram registradas na página oficial do BPS no Facebook. Mais de 20 mil fotos participantes foram postadas.  Em 2016, segunda edição do BPS, 6.400 fotos inscritas e mais de 10 milhões de views foram registrados. Na edição 2017/2018, o festival recebeu 9.050 imagens de fotógrafos brasileiros e estrangeiros, 2.650 a mais do que o número de trabalhos inscritos na temporada passada. Até o final do ano, a expectativa é superar 20 milhões de views. “O nosso festival é inclusivo, democrático, transcende o cotidiano.

Diferenciais da BRASILIA PHOTO SHOW

– Credibilidade – Em 2018 será nossa quarta edição

– Festival online, mas com muitos momentos presenciais como: exposições, leilões sociais, leitura de portfólio, Tour fotográfico e festas de premiação

– Já é considerado o maior festival de fotografias popular do Brasil

– Grande apoio da mídia espontânea. Todos os anos dezenas de veículos nos ajudam a divulgar o festival gratuitamente.

– Festival democrático. Qualquer pessoa pode participar, sendo profissional ou amador, com equipamento digital de ponto ou simples celular e todos tem grandes chances de se consagrar um vencedor.

– Grande participação das pessoas na votação pública pelo Facebook nos ajuda a apontar as fotos vencedoras. Esse ano, nossa página no Facebook já foi visitada por mais 16 milhões de pessoas. Numa única semana, tivemos mais de 1.3 milhões de pessoas acompanhando o festival.

– Inscrições virtuais e gratuitas permitem que qualquer pessoa independente da localização e classe social possa participar.

– Participam do festival fotógrafos de todo Brasil e de fora.

– Grande visibilidade permite que os fotógrafos vencedores possam mostrar seus trabalhos nacionalmente. Muitos participantes pela exposição alcançada no festival tornaram-se profissionais e vivem hoje da fotografia.

– Oportunidade. Alguns vencedores foram convidados a participar com seus trabalhos em exposições de fotos reconhecidas no Brasil e no exterior.

– Divulgação do contato de e-mail do participantes nas exposições e nos livros permitem que pessoas entrem em contato diretamente com o fotógrafo sem intermediação do BPS.

 

O Brasília Photo Show está na mídia. Veja as principais reportagens em 2015 e 2016.
Resumo mídia 2015
Resumo mídia 2016